Lista do amor – Fevereiro de 2018

17:22

Oi pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim!

Dando prosseguimento a nossa lista do amor, hoje venho compartilhar com vocês a do mês de fevereiro! 💕


• SERIADO: This is us

Em fevereiro comecei a assistir 2 seriados: Scream e Riverdale (RESENHAS EM BREVE). Ambos são de um gênero diferente do que costumo ver e mesmo assim curti bastante, porém nada no mundo supera o episódio Super Bowl Sunday de This is us com a revelação da morte do Jack. Não dá pra explicar o quanto doeu, gente, chorei como se fosse real. This is us é muito mais que um simples programa de TV, cada detalhe é uma verdadeira obra de arte. (RESENHA SEM SPOILERS)


• FILME: Get out!

O Léo me perturbou durante semanas para assistirmos esse filme e eu não estava muito afim pois confesso que tenho um certo preconceito com filmes indicados ao Oscar (raramente me agradam), mas ele acabou vencendo por insistência. Gostei do início e do meio, porém achei o fim bizarro e super viajado. Há um final alternativo que, na minha humilde opinião, é muito melhor e teria me feito amar o filme se tivesse sido escolhido como oficial. (RESENHA EM BREVE)


• FRASE: "Escrevo para saber que tenho bordas, como um morto na cena do crime. Talvez escrever me salve diariamente de não enlouquecer de verdade." (Tati Bernardi)

Essa é uma das primeiras frases do livro "Depois a louca sou eu" da Tati Bernardi e confesso que foi complicado escolher apenas uma, mas dentre todas creio que ela resume a maioria dos meus sentimentos de fevereiro. Foi um mês super difícil e sem a escrita (e a leitura) teria sido ainda pior. 



• MÚSICA: That's What I Like - Bruno Mars

Tenho tentado melhorar o meu inglês sozinha e um dos artifícios que decidi utilizar é a música. Essa foi a número 1 da minha lista em fevereiro e continua sendo esse mês por 2 motivos: 1) adoro! 2) ainda não consegui aprender 100%.



• COMIDA: Salmão ao molho de maracujá com macarrão ao molho branco


Dia 18 fui na casa da minha tia Valéria e a Érica (minha madrinha) e o Edmilson (marido dela) prepararam um delicioso salmão ao molho de maracujá com macarrão ao molho branco como prato principal, mas não parou por aí! Minha tia fez uma maravilhosa torta salgada de atum com kani kama (FOTO), a Érica fez um pudim de maria mole gostosíssimo, minha tia fez um bolo de milho muito bom e ainda tinha vários tipos de sorvete. Havia mais de um ano que eu não os visitava e tinha esquecido que o meu amor por comida é genético! Kkk. Brincadeiras à parte, foi incrível passar o domingo com o outro lado da minha família. Minha tia Regina, minha tia Delmina e meu primo Rafael também estavam presentes e todos nós conversamos bastante. Repetiremos em breve - dia 31/03 para ser mais exata! 


• LIVRO: Depois a louca sou eu - Tati Bernardi

Comecei a ler esse livro despretensiosamente e terminei praticamente engolindo-o. Apesar dessa ser uma expressão batida, ele de fato conversou muito comigo - mais do que eu jamais poderia ter imaginado. A ansiedade é um monstro silencioso que devora a essência da nossa alma e sentir-se sozinho - na maioria das vezes - agrava a situação. A companhia da Tati veio em um momento crucial e, mesmo tendo desencadeado algumas crises, me trouxe esperanças. (RESENHA EM BREVE)



• PESSOA: Eu

Se eu não me valorizar ninguém irá, não é mesmo? 😂 Escolhi euzinha porque fevereiro foi o mês do meu aniversário, mas além disso também vivi momentos muito profundos de autoconhecimento e falarei sobre eles na categoria correspondente.



• LUGAR: Nenhum

Definitivamente não houve nenhum lugar em que eu me sentisse bem de verdade. Pode parecer drama ou exagero dizer isso, mas não é. Até mesmo do meu próprio corpo eu queria fugir - mesmo sabendo que não era possível - e foi uma das sensações mais desesperadoras que já experimentei.

• OBJETO: Kindle

Eu sei que já falei do kindle na lista do amor de janeiro, mas estaria enganando a mim mesma se não o escolhesse novamente como o objeto do mês. Foi a melhor coisa que já comprei em toda a minha vida e tem sido meu companheiro diário. (RESENHA)



• FOTO: Piscina

Ia colocar as fotos do meu aniversário, mas - como haverá uma postagem com todas elas - escolhi essa pois não costumo tirar fotos assim. O Léo tirou quando estávamos na piscina do espaço da minha tia Marcela e me surpreendi com o fato de ter gostado dela (até publiquei no facebook 😂).


• MOMENTOS: Meu aniversário + Irmã + Crise de ansiedade

1. Meu aniversário de 22 anos. (POSTAGEM EM BREVE)

2. Senti a Rebecca chutar pela primeira vez dia 24. 💕

3. Dia 26 tive a minha primeira crise de ansiedade e explicar através de palavras a enxurrada de pensamentos que tomou conta do meu ser é uma missão quase impossível. Foi uma angústia tão devastadora e incontrolável que - por alguns instantes - se tornou frustrante viver. Estava no trabalho quando - de repente - comecei a sentir um desconforto físico que em instantes se tornou psicológico. Medo, medo, medo. Parecia que a qualquer momento algo terrível aconteceria e nada que eu fizesse seria capaz de evitar. Me senti pequena, fraca e inútil. Liguei para o Léo - que estava saindo do trabalho - e implorei para que ele me buscasse. Só de pensar em ir embora sozinha a aflição atingia níveis estratosféricos. Ele, maravilhoso, foi me buscar e a partir do segundo que entrei no uber me tornei incapaz de fazer qualquer outra coisa que não fosse chorar. Eu tinha aula e - obviamente - faltei. Fomos para casa dele e absolutamente nada mudou. Choro, choro, choro. O que está havendo comigo, meu Deus? Desde então convivo com a ansiedade diariamente. Ora mais intensa, ora mais sutil, mas sempre presente. Por que coloquei esse momento ruim na lista do amor? Porque faz parte de quem sou hoje e tenho certeza que contribuirá para pessoa melhor que serei no futuro. É um mal necessário.


E foi isso, gente! Altos e baixos compõem a vida de todos.

Até a próxima!

Beijos,
Isabella Proença.

Você também poderá gostar de:

0 comentários