BLOGMAS #15: Jogos antigos – Nostalgia #3

23:30

Oi pessoal, tudo bem com vocês?

A postagem de hoje será imensa, então irei direto ao ponto: gostei muito da experiência de criar conteúdo para o blog com meu irmão e o chamei para fazê-lo novamente.

Dessa vez escolhemos falar sobre jogos antigos porque jogar era uma das coisas que mais gostávamos de fazer juntos e me surpreendi com a nossa memória: selecionamos mais de 50!

Assim como o anterior, foi muito gostoso relembrar essa época com ele e meu coração chegou a doer de tanta saudade.


Tentamos classificá-los, mas foi impossível. Optamos por apenas separá-los por categorias e ordená-los de maneira aleatória. Vamos lá?

1- JOGOS PARA PC:
Jogávamos exclusivamente no computador.

Grand Theft Auto: San Andreas


Dentre os dois GTA's que já jogamos esse é o nosso favorito e cremos que seja o da grande parte das pessoas também. Passávamos horas jogando e mesmo quando não estávamos completando nenhuma missão principal era divertido ganhar dinheiro com as missões secundárias (taxista, bombeiro, paramédico e etc.) - ainda que fossemos riquíssimos graças aos macetes.
Lembro que o nosso pai pesquisava esses macetes pra gente e os imprimia. No início os usávamos com o auxílio da folha, mas depois conseguimos decorar a maioria e - por incrível que pareça - sabemos alguns até hoje! Kkk.
Não me recordo de tê-lo finalizado, mas acompanhei o Lucas finalizando e ficamos surpresos e tristes com as reviravoltas da história. Não se trata de violência gratuita como muitos pensam, há todo um enredo complexo por trás.

Grand Theft Auto: Vice City


Apesar de não ser o nosso GTA favorito é um dos melhores jogos da lista. Os recursos são limitados por ser uma versão mais antiga (o personagem não nada, por exemplo), mas ainda assim vale a pena ser jogado. Achamos o nível de dificuldade extremamente maior do que o do San Andreas, mas o envolvimento com o enredo é tão forte quanto e o final é igualmente surpreendente.
Também adorávamos fazer as missões secundárias. Além das que já citei acima também havia a de entregador de pizza e a - nossa preferida e mais rara - de motorista de ônibus. Era muito difícil encontrar um ônibus e quando conseguíamos nem queríamos parar de jogar para não perdê-lo! Kkk.
E, não sei porquê, mesmo mais antigo os macetes dele estão mais claros para mim do que os do San Andreas (com o Lucas é ao contrário).
Porém a minha memória favorita do jogo tem a ver com as rádios, em especial a Rádio Espantoso. Sempre colocávamos nela quanto entrávamos em algum carro ou alguma moto e ficávamos cantando a música que entendíamos como "leiteira"! Huahuahuahua.

FIFA 08


FIFA é - sem sombra de dúvidas - o nosso jogo de futebol favorito. Jogamos a versão 08 durante vários anos e o Lucas sempre foi melhor do que eu. Enquanto a minha parte favorita era gerir o time no modo dirigente ele gostava do desafio de evoluir nos níveis de dificuldade. Sempre desbloqueava novos e cada vez mais impossíveis enquanto eu continuava "amarradona" no nível amador.

Tomb Raider: Anniversary


Nenhum de nós dois jogava Tomb Raider, mas é um jogo que fez parte da nossa infância porque assistíamos a mãe do meu irmão jogar. Pegávamos as cadeiras da cozinha, sentávamos do lado dela e a única missão do Lucas era apertar o botão de salvar - sendo que às vezes ele falhava nisso! Kkk. Nós adorávamos! Sempre ficávamos ansiosos e a perturbávamos para jogar.

Max Payne 2


Em relação ao Max Payne o caso é o mesmo de Tomb Raider, porém ele marcou exclusivamente a mim de uma forma mais especial e não sei definir muito bem o porquê. Uma fase em específico é muito clara na minha mente e a encontrei no Youtube (clique aqui para assisti-la). Ps.: para o  total desespero do meu irmão, a mãe dele prefere esse jogo em vez do Tomb Raider! 

Need For Speed (Underground / Most wanted)


Jogos de corrida não são os nossos favoritos, porém adorávamos o Need. Na verdade, sendo sincera, o que eu realmente gostava de fazer era personalizar os carros e o Lucas gostava de completar as missões. Até aqui já deu pra perceber que o Lucas curte competições enquanto eu curto aleatoriedades, né? Kkk.

Counter Strike 1.6


Confesso que não gostava muito de CS, mas - como todo menino - meu irmão jogava e ainda joga outros jogos desse gênero. Na época em que esse jogo era uma febre, ele ia pra lan house do nosso pai e participava dos torneios que os meninos faziam. 

Xuxa e os Duendes 2: No caminho das fadas


Esse é o nosso jogo. Temos certeza que pouquíssimas pessoas já o jogaram e isso o torna ainda mais especial pra gente. Quando o Lucas lembrou dele meu coração palpitou pois era algo que estava totalmente perdido na minha memória. Saudades infinitas. 

Corrida Maluca


Apesar de não sermos fãs de jogos de corrida haverão muitos na lista e Corrida Maluca era um dos nossos dois preferidos (não conseguimos escolher entre ele e o Mario Kart). É um clássico divertidíssimo que adorávamos e também assistíamos na televisão. O Lucas sempre escolhia o Peter Perfeito e eu sempre escolhia a Penélope Charmosa.

Procurando Nemo


Até agora esse foi o último jogo a ser lembrado, porém é um dos mais legais e não sei como demoramos tanto! Kkk. Jogávamos com os nossos amigos na época, eram várias fases diferentes e totalmente baseadas no filme que, curiosamente, foi o primeiro filme que me recordo de ter assistido no cinema.  

Pacman



Pacman dispensa apresentações, né? É um clássico que marcou diversas gerações e conosco não foi diferente, porém de uma forma indireta: assistíamos nosso pai jogar!  

Barbie: Maquiagem virtual / Esportes radicais


Antes de mais nada preciso declarar que jogos relacionados à Barbie são apenas meus, se não o Lucas me mata! Kkk.
Eu pentelhava meu pai para trazer esses jogos pra mim. Tinha no máximo 5 anos e adorava arrumar a Barbie de formas esquisitas no Barbie Maquiagem Virtual, porém gostava mais de andar de patins no Barbie Esportes Radicais.

Barbie detetive no parque de diversões


Ainda na linha Barbie, coloquei esse jogo separado dos anteriores porque morria de medo dele. Em minha defesa eu tinha apenas 5 aninhos e a trilha sonora dele é digna de filme de suspense! Kkk. Eu pedia para mãe do meu irmão jogar e nos momentos que ficava assustada corria e deitava na barriga do meu pai! Kkk. 

Moto GP


Lembro vagamente desse jogo, mas o Lucas disse que gostava porque assistia Moto GP na televisão. Era um dos jogos que nos impressionavam na época por causa da resolução! Kkk.

2- JOGOS DE FUTEBOL:
Apenas o Lucas jogava. 

Bomba Patch / Winning Eleven 


Sempre fomos #TeamFIFA, porém o Lucas jogava esses outros dois jogos de futebol com primos e tios no videogame. Eu não gostava porque só jogava bem no computador, mas sempre os assistia. 

3- NINTENDO:
Jogávamos a maioria através de emuladores para PC e alguns poucos no próprio videogame. 

Super Mario World


Impossível descrever o quanto esse jogo marcou a minha infância. O Lucas não chegou a jogá-lo porque era bem novinho e nós não tivemos o Nintendo, mas eu sempre jogava na casa da minha tia Valéria com o marido da minha madrinha. Uma das coisas que eu mais gostava no jogo era o Yoshi roxo (porque ele voava) e a casca de tartaruga roxa (porque ela fazia qualquer Yoshi voar). Já o zerei diversas vezes e era incrível como nunca enjoava.

Super Mario 64


Jogávamos o Mario 64 no PC através do emulador e, apesar de quebrarmos a cabeça trocentas vezes até entender o que precisávamos de fato fazer, adorávamos. É bem semelhante ao Super Mario World, uma releitura moderna (para a época) e extremamente bem feita. Não deixa de ser um clássico e também já o zeramos! A única coisa que tenho a reclamar dele é o fato de não ter o Yoshi. 

Mario Kart


Como falei no Corrida Maluca, o Mario Kart é um dos nossos dois jogos de corrida favoritos. Tanto ele quanto o Corrida Maluca têm formatos bem semelhantes e o que realmente os diferencia para nós são os personagens porque também o jogávamos no PC através do emulador (assim como todos os jogos do Nintendo 64 citados). O Lucas sempre escolhia o Toad e eu a Princesa.

Mario Tennis


Mario Tennis tinha o poder de nos estressar imensamente! Kkk. De alguma forma conseguíamos jogar em dupla e morríamos de ódio quando perdíamos, porém também ríamos muito com os sons dos personagens. Dizer que adorávamos é redundante, mas é a verdade! Não escolhíamos os mesmos personagens do Mario Kart porque as duplas já eram predefinidas, então acabávamos optando pelo Donkey Kong por ele ser o mais forte.

Aladdin


Assim como Super Mario World, também jogava esse jogo na casa da minha tia Valéria com o marido da minha madrinha. O Lucas também não chegou a jogá-lo pelo mesmo motivo e a única diferença que percebo entre ele e o Mario é que o considero mais difícil. 

Donkey Kong Country 1/2/3


Jogamos os três DKC, o primeiro através do próprio vídeo game e os dois últimos através de emuladores. Coincidentemente o nosso favorito é o primeiro porque foi o que mais nos marcou, mas todos são muito bons!  

Super Smash Bros


Não somos admiradores de jogos de luta, porém esse era muito divertido por ter personagens que já gostávamos anteriormente. Os golpes de especiais de cada um eram muito engraçados e acabávamos nos divertindo mais do que disputando de fato.

Mickey to Donald: Magical Adventure 3


O Lucas não lembra muito bem desse jogo e confesso que também não lembro detalhadamente, mas fiz questão de incluí-lo porque realmente gostava e me sentia bem o jogando. Não avançamos muito nele porque não o entendíamos direito, jogávamos através do emulador e não tinha tradução, porém ainda assim me marcou.

Mighty Morphing Power Rangers


Mais um que eu jogava na casa da minha tia Valéria, mas a fita dele não era comprada como a dos anteriores, era alugada e depois que foi devolvida nunca mais ficou disponível - para a minha tristeza. Apesar de tê-lo jogado poucas vezes foi suficiente para se tornar memorável.

Rugrats in Paris


Dentre todos os jogos que foram e serão citados nessa lista, esse foi o que - de longe - nos fez passar mais raiva! É basicamente a incógnita da nossa infância: não sabíamos o que fazer, aonde ir e qual era o objetivo. Mesmo assim sempre insistíamos nele, mas todas as tentativas foram em vão. Esse mistério perdura até hoje, inclusive. Quem sabe um dia seja revelado...

Donald Duck: Goin' quackers


Mais um jogo que nos deixava impressionados com a resolução! Kkkk. O jogávamos bem pouco - geralmente quando enjoávamos dos outros - e o Lucas lembra vagamente dele, porém é legal, fácil de entender e de jogar.

Castlevania



Ficamos numa duvida tremenda se colocaríamos ou não esse jogo na lista, mas optamos por colocar devido a um motivo crucial: o chicote. "Lembra daquele jogo que matava com chicote?" Kkkkkk. E sim: não temos mais nada a declarar sobre ele! Kkkkkk.

4- MEGA DRIVE (SEGA):
Jogávamos através de emuladores para PC e Playstation 2.

Aladdin


O Lucas jogou esse Aladdin e é realmente muito bom! É bem diferente do Aladdin da nintendo e - apesar de eu gostar mais do outro - tem elementos nele que o torna mais fiel ao personagem (como a espada, por exemplo). Não chegamos a finalizá-lo, mas nos divertimos muito com ele.

Golden Axe


Colocamos essas duas imagens do Golden Axe (uma mais recente e outra mais antiga) porque jogamos e adoramos ambas. A primeira imagem é do CD Sega Classics Collection para Play 2 e a segunda não sabemos definir muito bem porque jogávamos através do emulador para PC. Acho que gostávamos mais da versão do Play 2 porque conseguíamos jogar juntos com mais facilidade, mas temos certeza que qualquer versão desse jogo é ótima! Um dos nossos clássicos favoritos do Mega Drive. 

Columns


O MELHOR JOGO. THE BEST GAME. EL MEJOR JUEGO.
O meu estilo de jogo favorito é o de puzzle e o preferido entre todos eles é esse. O Lucas raramente o jogava, mas amava me ver jogar quase tanto quanto eu amava jogá-lo. Apesar de haver outras versões do mesmo estamos falando exclusivamente dessa - que também é do CD Sega Classics Collection para Play 2. O que a diferencia das demais é a opção "VS CPU" onde você joga contra a máquina. São vários adversários e o nível de dificuldade vai aumentando conforme você os derrota. 
Além de ser um jogo maravilhoso por si só, amava meu irmão torcendo por mim! Ele e um amigo nosso inventavam até musiquinhas! Kkk. Às vezes eles me pediam para jogar do nada. Dentre todos os jogos da lista se eu tivesse que escolher apenas um para jogar novamente, seria - sem dúvidas - esse. 

Fantasy Zone


Não somos fãs de joguinhos de avião e - diferente dos de corrida - jogamos pouquíssimos. Fantasy Zone - também do CD Sega Classics Collection para Play 2 - foi um deles e era bem legal. Acho que os gráficos e as cores ajudavam muito na nossa percepção porque na realidade não tinha nada de diferente dos outros jogos desse estilo, mas gostávamos muito! 

Tant R


Tant R é topper! Outro jogo do  CD Sega Classics Collection para Play 2, é basicamente uma coletânea de joguinhos no estilo de puzzle. São tantos e todos são tão bons que fica até difícil citá-los, mas irei tentar: labirinto, navezinha, photo shock (copiar uma foto), lucky (encontrar a silhueta da mulher na janela), bar (encontrar a fileira dada como exemplo), hat (em qual chapéu está a rosa?), how many? (contar a quantidade de peixes), galinha (apertar o botão até o balão encher, explodir e acordar a galinha), time stop (parar o cronômetro no tempo estipulado), jewels (colocar as jóias na marcação estipulada) e etc. 
Sério, são muitos! Não falei nem metade deles! Passávamos muito tempo o jogando porque era praticamente impossível enjoar desse jogo com tanta variedade.

Bonanza Bros


Dentro do próprio Tant R no mesmo CD também tinha o Bonanza Bros. Ele é bem diferente do Tant R, mas também muito legal! Eles são irmãos, ladrões e precisam roubar diversos objetos nos mais diferentes locais do mundo. Cada fase tem um certo número de itens que precisam ser coletados antes de ir para o telhado da fase e esperar o balão aparecer para resgatá-los. O único "ruim" é que é um jogo difícil e nunca conseguimos o zerar, mas para fins de entretenimento era 10! Kkk.

Outrun


Mais um jogo de corrida! Sei que pode parecer difícil acreditar que não gostávamos muito porque há vários na lista, mas é verdade! Kkk. A diferença desse para os outros já citados do mesmo gênero é só o design mesmo, porém - apesar de ser antigo - gostávamos muito de jogá-lo e um primo do Lucas o jogava conosco. 

Boogerman


Pensem em um super herói bizarramente nojento? É a descrição perfeita do que é o Boogerman! Nunca tentamos entender o objetivo dele porque o contexto nos chamava mais atenção do que tudo: seus ataques principais eram meleca, peido e arroto. Nós nos divertíamos muito jogando porque não conseguíamos parar de rir de tanta nojeira! Kkk. 

Alex Kidd


Esse é um dos jogos mais fofinhos da lista! Quando pesquisei sobre ele vi que há outras versões, mas jogávamos essa. Apesar de jogarmos pelo emulador no PC conseguíamos jogar em dupla dividindo o teclado e gostávamos muito!

Shinobi


Se não fosse pelo Lucas esse jogo não estaria na lista! Kkk. Tinha esquecido completamente dele, mas é um jogo muito legal que - apesar de termos jogado pouco - gostávamos o bastante para lembrarmos dele. 

Ristar


Ristar é um jogo muito legal que foi lembrado antes mesmo de surgir a ideia de fazermos esse post, mas nós confessamos que o achávamos bem difícil: passamos de algumas fases, porém nunca o zeramos. Apesar de parecer (e talvez ser) bobeira dizer isso, o que mais gostávamos no jogo era o braço da estrela esticar! Kkkk.

California Games


Tanto eu quanto o Lucas jogamos esse jogo, mas ele jogou no PC e eu lembro de ter jogado na área onde os pais deixavam as crianças quando iam fazer compras no Carrefour: havia vários brinquedos e dois fliperamas. É engraçado lembrar disso porque eu realmente era muito pequena, mas esse jogo me marcou e eu fiquei durante anos da minha infância tentando descobrir o nome dele. É bem simples, mas muito legal e eu consegui baixá-lo hoje no meu notebook! São vários jogos em um só, o meu favorito é o da bicicleta e o do Lucas é o do surf. 

Moonwalker


O Lucas não lembra muito bem desse jogo porque a verdade é que não o jogamos muitas vezes, mas ele me marcou por causa das músicas, danças e golpes do personagem. Achava muito engraçado na época haver um jogo do Michael Jackson. 

Earthworm Jim


Nenhum de nós dois se recorda muito bem desse jogo e o Lucas nem queria o colocar, mas achei que deveria porque o fato de lembrar dele quer dizer alguma coisa: eu lembrei do personagem e o Lucas da vaca! Kkkk..

Sonic


Não íamos incluir o Sonic na lista pois - por incrível que pareça - jogamos pouquíssimo no decorrer da nossa vida, mas o Léo (meu noivo) nos pentelhou num nível extremo e nós cedemos! Kkk. É um clássico que não precisa ser descrito, né?

5- ATARI:
Jogávamos exclusivamente através de emuladores para PC.

Circus Charlie


Apesar de ser um jogo aparentemente simples nós quebramos bastante a cabeça o jogando e gostávamos muito dele! Sempre era uma das nossas primeiras opções - se não a primeira - e o jogávamos durante muito tempo. Nele há várias atividades de circo que precisam ser executadas e uma das mais difíceis para mim é andar na corda bamba porque é preciso desviar dos macaquinhos.

Jungle Hunt


O nome é Jungle Hunt, mas eu e o Lucas chamamos de Tarzan porque o cara fica pulando de cipó em cipó, jacarés e coisas da selva em geral para salvar a mocinha (que é muito parecida com a Jane). É um jogo bem simples, mas um pouquinho difícil - o que o torna bem legal. Lembro que já o zeramos e jogamos outras versões dele.

Pitfall


Pitfall é bem parecido com o Jungle Hunt, só que mais difícil. Não lembro de termos zerado porque não entendíamos muito bem como passar das fases e acabávamos não o jogando muito, mas gostávamos dele mesmo assim.

Payperboy


Nos filmes americanos é bem comum ver adolescentes trabalhando como entregadores de jornal e esse jogo é bem americano! Kkk. Nós gostávamos de jogar mais pelos personagens que apareciam pela vizinhança do que pelo objetivo do jogo em si. Acontecia de tudo enquanto nós pedalávamos e era muito divertido e engraçado jogar!

Elevador Action


Esse é um dos nossos queridinhos da Atari, um dos que mais gostávamos de jogar. O objetivo é chegar no térreo do prédio, mas vão acontecendo várias coisas para tentar impedir. Já conseguimos descer algumas vezes e achamos que tínhamos zerado o jogo, mas depois ele pede pra você subir! Kkkk.

Donkey Kong


Também jogávamos a versão clássica do Donkey Kong e gostávamos bastante. O objetivo era resgatar a princesa e o macaco não facilitava, mas não era muito difícil. Mais um clássico.

Popeye


Só fui perceber agora o quanto esse jogo do Popeye é parecido com o Donkey Kong. É idêntico, só mudam os personagens e uns mínimos detalhes. Também é muito legal, não é muito difícil e gostávamos bastante! 

6- SITES
Jogávamos online.

Transformice


Houveram controvérsias sobre o fato desse jogo ser antigo ou não, mas no fim decidimos incluí-lo porque querendo ou não jogávamos há alguns anos atrás e hoje não mais. Gostamos muito desse jogo e de certa forma ele é especial para mim pois foi através dele que eu e o Léo ficamos mais próximos. São vários ratinhos que têm como objetivo levar o queijo para toca, muito amorzinho! (Clique aqui para jogá-lo)

Goldminer


Apesar de ser um jogo antigo o jogo até hoje. Jogávamos com dois amigos nossos e até pouco tempo eu jogava com meu noivo. Basicamente você precisa pegar as pedras dentro do tempo estipulado para trocar por dinheiro e atingir a meta da fase, mas quanto maior a pedra maior o peso e o tempo gasto para pegá-la. Gostamos muito dele porque é simples e dá pra jogar em dupla! (Clique aqui para jogá-lo

Habbo


O Lucas não jogou esse jogo, mas eu sim e confesso que não gostava muito porque nunca consegui nada no jogo: nem moedas, nem presentes, nem emprego, nem namorado. Até insisti nele durante um tempo e mesmo tendo parado depois o fato dele ter marcado uma geração é inegável.

Outros


Recorria para esses jogos quando era bem novinha e não tinha nada para fazer na internet. Zuzubalândia, Turma da Mônica, Iguinho, Barbie, Cartoon Network [...] Eu sequer sabia como se escrevia Cartoon Network e sempre pedia para o meu pai digitar para mim! Kkk. O Lucas não pegou essa fase porque era bebê. Como o tempo passa!

7- POLYSTATION

Duck Hunt


Fiquei chocada quando fui pesquisar sobre o Polystation no Google e li que ele era um videogame pirateado. Nós o ganhamos quando éramos bem novinhos (tanto que o Lucas sequer lembra dele) e, pensando bem, só lembro desse jogo do pato mesmo. Acho que ele não durou muito não, mas fiquei feliz de conseguir "atirar" através do controle do videogame. Se não fosse pelo Google ia morrer sem saber que é vagabundo! Kkk.

8- JOGOS DO WINDOWNS:


Tenho certeza que você já jogou pelo menos um desses jogos do Windowns! Eles salvavam qualquer um do tédio e quando minha internet ainda era discada amava jogar paciência e/ou pinball enquanto ouvia música. O campo minado sempre foi (e continua sendo) um mistério para mim e o Puber Place era legal, mas - não sei porquê - não conseguia jogar por muito tempo porque enjoava.


Apesar de ter avisado que ficaria grande, confesso que tanto eu quanto o meu irmão nos surpreendemos com o tamanho! Kkk. Pensamos em dividir e publicar aos poucos, porém a verdade é que não me importo com o tamanho: registrar lembranças como essas é meu único objetivo.

Agradeço ao meu irmãozinho por ter topado elaborar mais uma postagem dessa categoria que tanto amo (nostalgia) comigo e também ao meu noivo lindo por ter feito todas as montagens sem reclamar - se não fosse por ele sabe-se-lá quando conseguiríamos publicá-la. Amo vocês, meninos! 

Espero que ao ler essa postagem diversas memórias maravilhosas tenham invadido a mente de vocês como invadiram as nossas. Juro que se um dia tivesse que escolher entre ter todo dinheiro do mundo ou reviver essa época, escolheria a segunda opção sem pestanejar. Há coisas que o dinheiro não compra. 

E é isso! 

Até a próxima!

Você também poderá gostar de:

1 comentários

  1. Que lista enorme!! Nunca fui de jogar, sempre vi meu irmão, meus primos jogando, corrida de carro, futebol, mário e eu nunca gostei hahaha, nos que você citou já ouvi falar no filme Pixels hahaha
    Feliz 2018!
    www.mandyline.com

    ResponderExcluir