BLOGMAS #3: Feriado Prolongado

19:44

Oi pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim!

Comecei a escrever essa postagem há algumas semanas, mas só consegui finalizá-la agora.

O dia de finados é um feriado nacional extremamente saudoso, afinal quem nunca perdeu alguém? Porém para a minha família o significado acaba sendo ainda mais profundo porque meu bisavô fazia aniversário nessa data.

Esse ano caiu numa quinta-feira e a empresa enforcou a sexta-feira, o que me deu 4 dias maravilhosos na minha casinha - e dessa vez o Léo foi comigo!

My safe place.
Nós fomos dormir tarde quarta-feira, mas minha ansiedade era tanta que acordei cedo mesmo assim. Não sabíamos muito bem onde ficaríamos porque meu pai havia saído com a Cris, porém - após ter me estressado um pouco - decidimos ir para casa da Mai por dois motivos: 1) não a via há meses 2) a sobrinha dela (Rihanna) estava fazendo aniversário e teria uma festinha a noite.

Chegamos lá um pouco mais tarde do que gostaríamos, mas a tempo de almoçarmos. Comemos peixe ensopado com pirão e arroz e estava uma delícia! Logo depois ajudamos com a decoração que foi bem simples, porém ficou linda e do jeitinho que a Rihanna queria.

Quando vou para a casa de alguém que tenho muita intimidade não me preocupo com a aparência e dessa vez não foi diferente. Tomei banho antes de sair da casa do Léo, mas não fiz nada além de me vestir e pentear o cabelo - ambos de qualquer jeito. Continuaria assim tranquilamente caso não houvesse nenhuma festa, porém havia e me obriguei a ficar apresentável.

Fiz meu cabelo com a chapinha profissional da Mai e ficou tão lisinho que parecia que eu tinha acabado de fazer progressiva. Ela também me deu um vestido antigo e gostei tanto do caimento que resolvi usá-lo, combinou super bem com o meu tênis branco e tenho certeza que em breve repetirei o look. Mas o que mais gostei foi o contorno que fiz com o pó compacto dela, é incrível como a maquiagem muda o aspecto do rosto.




E é óbvio que nós não perdemos a oportunidade de fazer um book, né? Temos nos encontrado tão pouco ultimamente que é inevitável não registrar quando acontece.

















A festinha bem legal, comemos várias coisinhas gostosas, porém o que me tocou de verdade foi o momento do culto de ação de graças. A Rihanna é filha da irmã do Mauro (marido da Mai e meu cunho) e a família dele - assim como a minha - é evangélica. Como falei acima, se meu bisavô estivesse vivo estaria completando mais um ano de vida e a celebração seria bem semelhante à essa.

Estava com uma leve sensação de nostalgia até que eles, para encerrar o culto, cantaram o louvor 'Te agradeço'.


E aí eu mergulhei no mar de lembranças maravilhosas que meu bisavô deixou guardado no meu coração. É impossível escutar essa canção e não ouvi-lo cantando. É inevitável sentir a falta dele. Daria tudo para ter ao menos mais um dia ao seu lado. 

Ao final do culto os comes e bebes continuaram, mas eu, o Léo e a Mai entramos antes da festa acabar e logo depois o cunho também. Havia pedido pro meu pai nos buscar, mas a Mai nos convenceu a dormir lá e, por incrível que pareça, foi a primeira vez - em todos esses 8 anos - que dormi na casa dela.

Descobrimos que eles - assim como nós - assistem 'De férias com o ex' e eu e a Mai preparamos pastéis de queijo para assistirmos todos juntos. Foi muito divertido! 



Nós dormimos na sala e no dia seguinte o cunho saiu de manhã para trabalhar. Havia pedido para o meu pai agendar horário para eu fazer a unha com a Naná e ele conseguiu marcar pra 16h30min, então avisei a Mai que iríamos embora às 16h. 

Ela fez um strogonoff de frango delicioso para almoçarmos e eu tentei fazer um mousse de maracujá para sobremesa (não deu muito certo porque faltou um ingrediente, mas virou um sorvetinho bem gostoso).

O sol estava castigando e, ao rolar o feed do instagram, o Léo viu uma foto da piscina do Espaço da minha tia e ele e a Mai ficaram ouriçados! Kkk. Ele comentou na foto, minha tia respondeu e no privado disse que após o término da aula de natação nós poderíamos ir lá. A alegria foi mútua!

Como a casa da Mai é bem perto da casa do meu irmão, liguei para ele e o convoquei para ir conosco. No começo ele resistiu um pouco, porém - para minha felicidade - no fim aceitou e o buscamos de Uber. Foi o feriado das primeiras vezes: o Lucas nunca havia ido para lugar nenhum comigo (sem nosso paizinho).

Ao chegarmos fui fazer as unhas e eles - junto com o Luanzinho - foram para a piscina. Se cuidar deveria ser considerado terapia, né? Sempre que faço as unhas sinto que tirei uma tonelada das costas! Kkk.


Quando terminei fui no quarto da minha avó vê-la rapidinho e conversei um pouco com as minhas tias e com a Naná. Pedi um short emprestado pra ela fui para o Espaço da minha tia - que fica praticamente do lado da casa da minha avó.

Não tomava banho em uma piscina de verdade há um bom tempo! Quando cheguei eles estavam jogando bobinho e meu irmão estava batendo os dentes de tanto frio. Continuava calor, mas o sol já tinha ido embora e ele, magro toda vida, não parava de tremer - fiquei com peninha.

Entrei no jogo e o considerei bastante injusto com meu priminho Luan por ele ser bem baixinho, então quando ele perdia eu ficava no lugar dele - e sempre pegava a bola!


O Lucas saiu da piscina por causa do frio e insistimos pra ele voltar, ele voltou, porém logo depois saiu novamente e resolvemos brincar de batata quente. Ele coordenou a brincadeira que foi bem legal, mas perdi todas! Kkk.

Tiramos algumas fotos, mas sem meu cabelo não sou ninguém e odiei todas. Mai e Léo, queridíssimos, sabendo disso resolveram excluí-las e quase infartei porque os registros são mais importantes do que a beleza, porém consegui salvar uma das fotos que a Mai publicou no status do whatsapp - ainda que ela tenha tampado nossos rostos.




Saímos da piscina um pouco antes de começar a aula de ballet baby (uma fofura ver as bebês vestidas de bailarina! ) e fomos pra casa da minha avó esperar meu pai chegar do trabalho. Ele chegou pouco tempo depois e comprou pão para tomarmos café.

Ficamos conversando na varanda da casa da minha avó junto com o Miltão (marido da minha tia) e depois fui levar o Lucas e a Mai em casa junto com o meu pai.

Na volta viemos só eu e meu pai no carro e conversamos um pouco. Foi uma ótima conversa que tirou uma angústia muito forte que estava em meu coração e deu lugar a uma felicidade quase completa.

Ao chegarmos chamamos o Léo e fomos pra casa. A Cris já estava lá, nós jantamos e pensamos em assistir um filme juntos, mas desistimos porque ultimamente meu pai dorme durante qualquer um que escolhamos. Além disso, era dia de UFC e ele gosta de assistir tomando o energético dele, mas não vimos juntos porque só a TV do quarto dele pega o canal e ele e a Cris entraram.


Fiz pipoca para mim e para o Léo e assisti alguns episódios de Friends (pensem em um vício?! ) enquanto o Léo via televisão, mas estávamos muito cansados e não dormimos tão tarde: 1h.


No dia seguinte meu pai foi trabalhar, mas a Cris ficou em casa. Aproveitei para ficar um pouco com os gatinhos porque não os via há um tempinho.





Meu pai chegou do trabalho a tempo de almoçarmos todos juntos e trouxe sorvetinho (), mas o desejo de mousse de maracujá estava grande após o fail da casa da Mai e o Léo foi comprar ingredientes porque a Cris se ofereceu para fazer - e ficou mara!


Além disso meu pai também trouxe um dos presentes que mais gosto de ganhar: livros! Uma cliente dele ficou sabendo - através do blog - que gosto de ler e me mandou alguns. Muito amor, né?! 


Passamos o dia em casa e não fizemos nada demais, só descansamos. O Botafogo jogou contra o Fluminense e - pra variar - perdeu por 2 x 1. A noite eu e o Léo assistimos This is us e aproveitamos para tomar o sorvete.


Domingo foi dia de Enem e o Lucas passou lá em casa antes porque caiu no Kennedy (colégio que fiz o ensino médio), mas - como era esperado - passou a tarde inteira fora. Nesse meio tempo eu, meu pai e o Léo fomos na casa avó e ficamos conversando com o pessoal. Nem lembrava a última vez que tinha feito isso e me fez um bem enorme estar com a minha família.

Meu pai e o Léo subiram um pouco antes de mim para assistir os jogos de domingo e quando fui pra casa fiquei na varanda esperando o Lucas chegar. Deu o horário da Cris ir para igreja e meu pai foi levá-la. Estava ficando preocupada, mas - graças ao meu bom Deus - deu tudo certo! Meu irmão chegou bem e deu para aproveitarmos o fim do domingo juntos.

Por volta das 21h meu pai foi buscar a Cris e levar o Lucas para casa, mas dessa vez o Léo foi junto para comprar algo para jantarmos. Eles compraram pizza em uma pizzaria diferente das que estamos habituados e o combo veio com alguns sorvetinhos.

Fomos dormir mais tarde do que deveríamos e acordamos super cedo porque fui trabalhar no dia seguinte, porém o sentimento de felicidade e gratidão que toma conta do meu ser a cada semana iniciada ao lado das pessoas mais importantes da minha vida é insuperável e não trocaria por nada nesse mundo.

Sempre estou em casa nos fins de semana, mas é bizarro o quanto passa rápido e - infelizmente - mesmo o feriado tendo sido prolongado não foi diferente. Por isso tento aproveitar ao máximo cada segundo e não vejo a hora de tudo estar no seu devido lugar.

Para o feriado ter sido realmente perfeito só faltou o meu bisavô e a minha bisavó estarem presente para comemorarmos o 89º aniversário do sr. Armindinho.

"Se eu pudesse eu voltaria atrás / E te beijaria muito mais [...] Sinto tanta falta do teu cheiro / De acariciar os teus cabelos / Mas aprouve a Deus te acolher / Minha esperança é que na eternidade eu vou te ver [...]"
E foi isso!

"Minha família representa tudo que eu sou, justifica tudo que eu faço e me torna alguém melhor."

Até a próxima! <3


Você também poderá gostar de:

8 comentários

  1. Adorei as fotos! Super legal passar um tempo com amigos e família né! E que gatinhos fofos hahah
    Instagram @brunaestiloitgirl
    Blog | Facebook | Twitter | Canal Youtube 
    Beeijos (:

    ResponderExcluir
  2. Gosto assim haha: muitas fotos pra guardar de recordação! Acho esses feriados/datas comemorativas ótimas para se passar com a família, pois todo mundo se diverte (e olha que minha família não bate bem das ideias...). Adorei as descrições do seu post, pois consegui sentir a alegria e o sentimento desses dias, além de parecer que eu estava lá observando tudo :) que muitos outros feriados venham!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo feriados assim exatamente por poder passar mais tempo com a família! <3
      Fico feliz que tenha gostado do post! E a ideia é essa mesmo: criar memórias.

      Excluir
  3. É tão bom esses feriados prolongados que podemos passar com a família e pessoas que não vemos a um tempo né? Adorei as fotos! Todo mundo parece bem feliz nelas! Me fez lembrar de quando eu amava passar dias e dias na casa da minha prima, viviamos inventando coisas para se fazer haha
    Sinto muito pelos seus bisôs.
    Loud Like Moi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São realmente ótimos! Fico feliz que tenha te trazido boas lembranças!
      Muito obrigada, sentimos muita falta deles, mas temos fé em Deus e cremos que eles estão juntinhos e felizes no céu! <3

      Excluir
  4. Gente, eu adorei a cabeceira da sua cama, achei super divertida!
    Seu feriado foi muito gostoso! Nossa, nem lembro a última vez que passei uma época boa assim de descanso revendo pessoas que gosto, sério mesmo. Adorei as fotos que vocês tiraram, mesmo as na piscina, e achei esse batom que você usou no aniversário LINDO demais! Que gostoso ver vocês bem sorridentes assim juntinhos... Tem umas distâncias que tinham que ser encurtadas, né!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura? Meu pai que escolheu, eu queria capitonê! Huahuahuahua.
      Acho muito importante que estejamos perto de quem amamos, tanto para o nosso descanso físico quanto o mental. É como se tomássemos um fôlego, sabe?
      Obrigada! O batom é da nyx, só não sei o número.
      Olha, nem fala, distâncias não deveriam existir.
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir