Carta para o teu ex-namorado – DDC #6


Ninguém entra na nossa vida sem um propósito e hoje tenho a consciência de que a sua função foi me ensinar a ser uma pessoa melhor e ainda mais forte. Com o tempo o sofrimento dá lugar ao aprendizado e a angústia se transforma em alívio. Relutei para aceitar o que minha mente já havia me alertado inúmeras vezes e, apesar de ter sido extremamente complicado no início, logo as coisas começaram a fazer sentido. Hoje percebo que estou onde deveria estar e não me arrependo dos caminhos que precisei trilhar para chegar até aqui, mas jamais os atravessaria novamente. Há feridas que mesmo cicatrizadas latejam e marcas que não se apagam.

É inegável que bons momentos existiram, mas a escassez dos mesmos fez com que eles fossem os primeiros a serem excluídos da minha mente. Os restantes me atormentavam constantemente, porém gradativamente foram substituídos por vivências maravilhosas que outro alguém me proporcionou após sua partida definitiva.

O que me resta é te agradecer por não ter mudado quando foi preciso, por ter continuado a mentir após a primeira descoberta, por não ter me tratado como eu merecia e, principalmente, por ter me privado de outras experiências amorosas. De certa forma, ainda que inconscientemente, você me poupou de novos relacionamentos passageiros e me levou direto para aquele em que passarei o resto da minha vida.

Torço para que tenha compreendido que não há como alterar o passado, espero que plante boas sementes para que possa colher bons frutos e desejo que você encontre uma pessoa que te ame de verdade, saiba valorizá-la, seja feliz e se sinta realizado. 

"Sem rancor, sem saudade, sem tristeza. Sem nenhum sentimento especial a não ser a certeza de que, afinal, o tempo passou." (CFA)

Você também poderá gostar de:

2 comentários

  1. É louco isso de "agradecer pelas coisas ruins" né? Mas faz total sentido. Tem gente que eu queria muito segurar a mão e falar "obrigada por ter feito minha vida um inferno", porque foi depois dessas pessoas que chegou quem realmente tinha que chegar pra fazer bem pro coração e pra alma. Que bom que com você também foi (e é) assim!

    ResponderExcluir