24º aniversário do meu noivo

Oi pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim!

Meu noivo completou 24 anos no dia 1º de setembro e hoje venho (meio atrasada) compartilhar com vocês um pouco dessa data tão especial nas nossas vidas.


Não sabíamos ao certo o que faríamos porque achei que minha (primeira) bolsa-auxílio ainda não teria caído, então não fizemos planos. Queria levá-lo no shopping e comprar uma roupa, um sapato ou um celular, mas não combinamos nada.

No dia anterior (31/08) minha cunhada me mandou uma mensagem no whatsapp perguntando o que faríamos pra ele e optamos por uma festinha em casa para não passar em branco. Olhei minha conta bancária por desencargo de consciência e a empresa surpreendentemente já havia feito o depósito, então fui no mercado e comprei algumas coisas que ela e minha sogra pediram: salsicha, refrigerante, leite condensado e creme de leite. Também fui nas Lojas Americanas e comprei umas besteirinhas que ele adora para comermos enquanto assistíamos seriado.

Gostei da ideia, mas para ser bem sincera minha ideia era uma surpresa na "virada". Um jantar especial com um bolinho surpresa só pra nós dois. Ele gosta muito dessas coisas e tenho certeza que teria amado, mas não seria possível de qualquer forma. Ano que vem, se Deus quiser, poderei colocar esses pequenos (que no momento parecem imensos) desejos em prática.

O mais importante é que estivemos juntos o tempo todo. Todo ano faço questão de ser a primeira a parabenizá-lo pessoalmente e virtualmente e ter conseguido novamente me deixou muito feliz.

Por ter caído na sexta-feira fui para o estágio, mas cheguei cedo e não fui pra faculdade. Como ele estava em casa não havia como surpreendê-lo e no fim das contas ele mesmo cuidou da decoração. Minha sogra fez o bolo, eu fiz os docinhos, minha cunhada fez cachorro quente, sopa de ervilha e fritou os salgadinhos. O tema foi música e ficou uma gracinha.

Não convidamos ninguém, mas alguns amigos do Léo que não vinham na casa dele há um bom tempo apareceram e foi muito divertido. Colocamos algumas mesas e cadeiras no quintal e ficamos comendo e conversando. Eles trouxeram bebidas e o Léo fez alguns drinks, mas eu estava meio doente e fiquei só na água mesmo! Rs.

A hora do parabéns foi muito bonitinha porque o Léo pegou a Esther no colo e ela ficou cantando toda contente. Morro de amores por essa duplinha.

O pessoal foi embora relativamente cedo e o bolo também! Kkk. Estava maravilhoso, minha sogra arrasa!









No dia seguinte (sábado) fomos ao shopping. Pode até parecer (e é) um passeio clichê, mas não o fazíamos há tempos e queríamos (o Léo mais que eu) muito. Ficamos numa dúvida tremenda sobre onde comer e decidimos ir no rodízio da Parmê.

O restaurante estava muito cheio, mas deu para conversarmos bastante sobre assuntos interessantes. Fiz várias perguntas reflexivas sobre os 24 anos de vida dele e até me emocionei com uma das respostas ("qual foi o melhor momento da sua vida?" "tem dois: passar na faculdade e te pedir em casamento" ).

Apesar das pizzas estarem deliciosas ultimamente temos nos sentido duas porcas prenhas após os rodízios e dessa vez não foi diferente, mas ao invés de irmos embora fomos ao cinema e depois de meia hora caminhando pelo shopping ficamos bem.

Como ele era o aniversariante o deixei escolher o filme e me arrependi porque a escolha não foi muito boa: A Torre Negra. Não haviam muitas opções, porém Dupla Explosiva parecia ser extremamente melhor.

A sessão acabou depois das 23h e tivemos que pegar um táxi para ir embora.

Não comprei nenhum presente porque não deu tempo... Chegamos tarde (não lembro o porquê) no shopping, mas o presenteei depois e tenho certeza que ele gostou de todos os presentes.


Homenagem no Facebook:

"Lembra do seu primeiro aniversário que passamos juntos? Namorávamos há menos de um mês e foi um dia de diversas primeiras vezes: primeira vez na sua casa, conhecendo sua família e seus amigos, primeira vez indo pra Central sozinha, primeiro presente que te dei... Confesso que eu estava bastante nervosa e ao mesmo tempo ansiosa.

Você estava completando 19 anos e, de uma forma geral, ouvíamos piadinhas constantes por eu ter apenas 16. Quantas coisas aconteceram desde então, né? E hoje estamos aqui, 5 aniversários depois, comemorando seus 24 anos! Quem diria, hein? <3

Mais do que ninguém, você sabe que te desejo tudo de melhor que esse mundo pode oferecer. Torço muito para o seu sucesso e fico feliz por você ter se encontrado na Fisioterapia. Que você tenha sabedoria em momentos de tomada de decisão e dê sempre o melhor de si pois dessa forma certamente alcançará todas as suas metas e realizará todos os seus sonhos.

Estarei sempre ao seu lado e te ajudarei no que for preciso. Não importa o que aconteça, você nunca estará sozinho.

Que Deus te abençoe, guarde, ilumine, proteja e guie. Que Ele te dê saúde, paz, amor, dinheiro e muita felicidade.

"I don't wanna be someone who walks away so easily
I'm here to stay and make the difference that I can make
Our differences they do a lot to teach us how to use
The tools and gifts we got yeah, we got a lot at stake
And in the end, you're still my friend at least we did intend
For us to work we didn't break, we didn't burn
We had to learn how to bend without the world caving in
I had to learn what I've got, and what I'm not
And who I am..."

Feliz aniversário, pretinho! Amo você! #MelhorIdade #TeráPiadinha #Chatinho."

E foi isso!

Apesar dos muitos pesares da vida, há momentos em que o único sentimento que vale a pena nutrir é o de gratidão. Sou grata a Deus por permitir estar ao lado da pessoa que amo verdadeiramente e celebrar mais um ano de vida dela.

Até a próxima! <3

Você também poderá gostar de:

0 comentários