5 anos de namoro e 1 ano de noivado

Oi pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim!

Sábado, dia 19 de agosto de 2017, eu e o Léo completamos 5 anos de namoro e 1 ano de noivado. A sensação que toma conta de nós é a de que o tempo passou rápido demais, mas a verdade é que não foi bem assim.

Aconteceram tantas coisas... Percorremos um caminho árduo até chegarmos aqui. Enfrentamos diversos obstáculos, caímos múltiplas vezes, pensamos em desistir e, sim, quase desistimos. 

Mas – como diz a palavra de Deus – o amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera e tudo suporta (1CO 13:7). E nós seguimos resistindo às dificuldades que a vida insiste em impor em nosso caminho.


Relacionamentos não são fáceis. Se você pensa que a vida a dois é um conto de fadas porque se baseia em declarações de amor em redes sociais, saiba que está sendo completamente enganado. Independente da compatibilidade do casal haverão conflitos e problemas que parecerão insolucionáveis e, para ser sincera, alguns realmente serão. 

Eu e o Léo lidamos com algumas situações devastadoras no último ano. Nos vimos em contextos que jamais imaginaríamos estar. Fomos obrigados a tomar decisões que não tínhamos maturidade suficiente para lidar. Adquirimos experiências que nunca pensaríamos precisar. E o impacto causado em nós foi distinto. 

Sempre fomos diferentes e lidar com diferenças de uma forma geral é complicado para todo ser humano, mas quando um casal atravessa momentos difíceis e reage a eles de maneiras desiguais, a tribulação se torna ainda maior do que já é.

Como compreender as atitudes e os sentimentos do outro quando há discordância? Impossível. Resta ao mais sensato adotar uma postura de... Conciliador? Pacificador? Apaziguador? Não. Postura de quem ama, cuida e protege. E o Léo, quando nós mais precisamos, foi essa pessoa.

Durante alguns meses permiti que a escuridão tomasse conta do meu ser e ele não entendia o porquê, mas permanecia ali, estático, enquanto eu o expulsava. O texto “só queria dizer obrigada” que publiquei em março do ano passado, traduz com perfeição a importância do que ele fez por nós.

Poderíamos ter terminado.

E teríamos.

Mas ele me reergueu, me orientou, me libertou, me equilibrou e fez com que eu retomasse as rédeas da minha vida. 

E nós superamos.

Hoje o cenário se inverteu e é ele que – de outro jeito e por outras razões – precisa de mim. E tenho me esforçado diariamente para ser capaz de ajudá-lo. 

Apesar dos pesares estamos nos reestruturando. Cometemos alguns erros e temos incalculáveis defeitos, mas nada e nem ninguém é forte o suficiente para destruir o que sentimos.

Somos verdade.

Temos fé em Deus e nossos planos – cada vez mais elaborados – serão executados de acordo com a permissão dEle, mas nunca deixaremos de fazer nossa parte. 

As portas haviam se fechado e agora estão sendo reabertas. 

Esse aniversário, mais do que os quatro anteriores, é a concretização da nossa vitória. Vencemos inúmeras batalhas e, finalmente, a grande guerra. 
Estávamos planejando viajar para comemorar o nosso dia, mas após alguns acontecimentos decidimos deixar a viagem para depois.

Como contei no post “Deus é maravilhoso #2” consegui um estágio em uma empresa incrível e, graças a Deus, deu tudo certo. Comecei dia 8 de agosto e dessa data em diante o tempo voou, o tão esperado dia 19 chegou e ainda não havíamos decidido o que fazer.

O Léo queria ir no cinema porque sequer lembramos a última vez que fomos, mas eu não quis porque não havia nenhum filme interessante em cartaz. Eu queria ir no Cana KrioK porque – além de amar aquele lugar – tentamos ir há algumas semanas e estava fechado, mas o Léo queria comer. Há meses desejávamos ir em um rodízio de carne e o único empecilho seria o financeiro, mas fiz alguns cálculos malucos e o resultado foi positivo. Fomos na churrascaria Cruzeiro do Sul, em Botafogo.

Entretanto o plano não era só esse, lógico. 5 anos juntos merecia uma celebração mais extensa e romântica. Combinamos que iríamos em três lugares: 1) churrascaria; 2) Botafogo Praia Shopping (comprar meu fondue); 3) Cana KrioK. A ideia era passar a noite fora e estávamos bastante animados. 

O rodízio foi sensacional! Nunca havia comido carnes tão suculentas e bem preparadas. O atendimento é excelente e os garçons não param de te servir, porém – acreditem se quiserem – o ponto alto da churrascaria para mim foi o pão de alho. PUTA QUE PARIU, que pão de alho gostoso! E, para vocês terem ideia do quão atenciosos são os funcionários, quando perceberam o quão tínhamos gostado (eu mais do que o Léo – que também amou) passaram a trazê-lo toda hora. Devo ter comido uns 10, sério! Kkkk. No fim das contas saímos de lá sentindo que pagamos pouco pela qualidade oferecida (R$ 170,00 incluindo as bebidas).

Mas – por mais delicioso que tenha sido – se eu pudesse voltar no tempo teria escolhido outro lugar pra esse tipo de comemoração. Por quê? Bom... Porque simplesmente não conseguimos fazer mais nada depois disso! Kkkk.

Nunca, em todos os meus 21 anos de vida, havia me sentido tão estufada. Comemos muito em pouquíssimo tempo! Eram 21h e nós já queríamos dormir. Tentamos seguir o cronograma e fomos no shopping, mas ao colocar a primeira colher do meu desejado fondue na boca percebi que a noite havia acabado. Não fomos no Cana KrioK.

Em compensação olhamos alguns celulares na loja da Samsung pois estamos sem (o do Léo quebrou e eu estou com um provisório porque fui assaltada) e decidimos que assim que pudermos provavelmente compraremos o mesmo.

Enfim... Fomos para casa do Léo e assim que deitamos na cama percebemos que estávamos mais cheios do que imaginávamos, demos boas risadas da situação e ficamos ali, juntos, conversando e assistindo seriado até pegarmos no sono.

Se eu imaginava essa data de forma diferente? Claro! Estava basicamente tudo certo para passarmos o fim de semana em um hotel fazenda, mas tudo acontece como deve acontecer. Independente de termos escolhido um restaurante inadequado (porém ótimo) 19 de agosto sempre será uma data especial e o que realmente importa é o fato de estarmos lado a lado celebrando mais 1 ano de união.


"Por favor, pensa com carinho na gente. Fecha os olhos e sente todo o amor que fica na nossa volta, como uma bolha, uma redoma. Somos inatingíveis. Nosso mundo é mágico, o amor é mágico. Ele modifica. Ele me modificou tanto, me fez melhor. Ele te fez melhor também. Dá aqui a tua mão. Sente meu coração, sente o calor que sai da minha boca. Isso é amor. Isso é a magia que o amor faz com a gente. Eu sei que a gente consegue, eu sei. Não é assim tão difícil. Por favor, não te anula, não te deixa de lado. Mas não faz com que a minha vida fique de lado também. Não é justo com você, comigo, com a gente. Por favor, não fica com medo. Dá aqui a tua mão. Vou segurar ela bem forte e, juntos, vamos conseguir enfrentar qualquer coisa boba ou séria. Sabe por quê? Porque a gente se ama. E nada mais importa." (Clarissa Corrêa)

Ps.: Prometo que ano que vem teremos fotos melhores para compartilhar com vocês. Ficar sem celular é horrível! Kkk.

E por último – mas não menos importante – um dos textos mais bonitos que alguém já escreveu pra mim.


"Só quero dizer obrigado! Eu poderia terminar após a exclamação, mas um simples obrigado não me possibilitaria dizer o quanto você foi e é importante para mim.
Com a gente sempre foi tudo muito intenso, e você sabe da minha dificuldade de externar o que sinto, mas prometo que vou tentar fugir do clichê. Colecionamos lindas e incontáveis memórias, vivemos momentos maravilhosos juntos e aprendemos muito um com o outro. Mas também tropeçamos, por muitas vezes caímos e não foi fácil, tiveram momentos em que parecíamos dois imãs com polaridades iguais que se repelem. Pensamos em desistir e por várias vezes quase nos entregamos.
Porém perduramos, cuidamos um do outro. Você sempre enxergou em mim muito além do que eu mesmo nem pude notar, me deu esperança em meio ao caos, foi você que na pior fase da minha vida estendeu as mãos, foi meu refúgio e está sendo a minha direção. Eu poderia conquistar tudo pra te dar, mas nem mesmo tudo seria o suficiente perto do que você merece.
Do seu lado vou aprendendo um pouco mais a cada dia o significado do que é relacionar-se com alguém - digo pouco pois sei do muito que virá daqui por diante. Viveremos muitos altos e baixos, continuarei falho, mas pode ter certeza de que farei de tudo para ser um homem muito melhor por você.
Nós temos planos para o futuro e muitos sonhos para realizar ainda, e sabe que mais me deixa feliz nisso tudo? É poder construí-los ao seu lado.
Você merece muito mais do que apenas um obrigado! Te amo meu amor! #5anos"

Até a próxima! 

Você também poderá gostar de:

6 comentários

  1. Parabéns por essa vitória, eu imagino o quanto deve ser difícil! Esse ano faz 3 anos que estou namorando e realmente não é fácil.. Imagino 6 anos juntos, deve ser muito difícil mesmo, mas espero que Deus os abençoe cada vez mais!

    http://papeldeouro2016.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Giovanna! Realmente não é fácil, mas vale a pena.
      São 5 anos juntos no total, fizemos 1 ano de noivado porque noivamos no mesmo dia em que começamos a namorar.
      Que Deus abençoe seu relacionamento também!

      Excluir
  2. Parabéns ao casal... q este amor continue assim....doce, leve e real bjos http://anaherminiapaulino.blog.uol.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post! Parabéns aos dois! Segui o teu blog, podes seguir o meu? :)

    http://aflormaria.blogspot.pt

    beijinhos

    ResponderExcluir