Idas e Vindas

09:02


"Eu passo quieta por você, você passa quieto por mim e eu ainda escuto o barulho que a gente faz."

- Você acha mesmo que dessa vez nós daríamos certo juntos?
- Não sei.
- Não sabe?!
- Não.
- Então por que insiste tanto? Por que sempre volta a bagunçar a minha vida se não tem certeza do que quer?
- Mas eu quero.
- Não parece!
- Não depende só de mim, você tem que querer também. Não posso te amar sozinho.
- Te amei sozinha durante anos e não desisti.
- Até quando jogará isso na minha cara? Já te pedi desculpas.
- Se desculpar não apaga o que aconteceu.
- Respondendo a sua primeira pergunta: não.
- Não o quê? 
- Nós não daríamos certo.
- Obrigada.
- Está me agradecendo? 
- Sim, é a primeira vez em muito tempo que você está sendo honesto comigo.

Após essa conversa não nos encontramos mais e muitas coisas mudaram, inclusive meu endereço... O que foi ótimo para mim, pois reduziu as chances de nos esbarrarmos numa esquina qualquer.

Não nego que foi difícil me acostumar com a sua ausência, mas a vida simplesmente seguiu e chegou a um ponto em que fui obrigada a me adaptar.

No começo ainda vasculhava suas redes sociais e vigiava seus horários no whatsapp, mas fui parando gradativamente.

Conheci novas pessoas, ocupei minha cabeça, me abri a novas experiências e te deixei em segundo plano.

De vez em quando alguns amigos desatualizados e parentes distantes perguntavam por você, fazendo com que nossa história voltasse à tona em minha mente, mas eu já não sentia nada ao lembrar.

Nem dor, nem saudade, nem amor... Apenas uma estranha sensação de que aquilo não havia acontecido comigo, como se eu nunca tivesse te conhecido e todas aquelas situações fossem fruto da minha fértil imaginação.

Achei que tinha te esquecido.

Até que cruzei contigo ao retornar à minha antiga rua e você resolveu puxar assunto.

- Você por aqui?
- Pois é.
- Tá tudo bem?
- Tá sim.
- Pensei que não fosse voltar mais.
- Continuo tendo familiares e colegas nesse bairro.
- Eu sei, mas você sabe, depois do que rolou entre nós...
- Nada que fosse me impedir de estar perto de quem é importante pra mim.
- Olha, me perdoa por ter sido tão insensível aquele dia, fiquei com raiva e...
- Sinceramente, hoje não faz diferença. Estou feliz onde estou, não me arrependo das minhas escolhas e nem lamento pelas suas.
- Eu duvido muito.
- Como é que é?
- Nada. Se você está feliz, também estou. Tenho que ir agora, tchau.
- Tchau.

Naquela noite, ao botar a cabeça no travesseiro, não consegui tirar seu rosto e suas palavras da minha mente.

"Eu duvido muito", como teve a cara-de-pau de falar algo assim após tantos meses sem termos contato?

Quando acordei pela manhã vi uma notificação de mensagem no whatsapp de um número desconhecido do celular - mas gravado em minha memória - que dizia assim: "e mesmo sorrindo por aí, cada um sabe a falta que o outro faz".

Meu corpo esquentou e senti meu estômago revirar.

"Depois de meses de abstinência dele o coração quer ter recaídas logo agora? Ah, coração, não me envergonhe!"

(Continua...)
Todas as citações são da autora Tati Bernardi.

Oi pessoal, tudo bem?

Esse é o meu primeiro texto no blog e em mais de um ano enferrujada, então espero que os agrade, mas peço paciência e apoio de vocês.

Decidi o dividir em duas partes para a leitura não ficar cansativa, porém só postarei a segunda se vocês gostarem dessa e pedirem, ok? Mas já adianto que o desfecho dessa história terá uma conclusão construtiva.

Fiquem com Deus e até a próxima! <3

Você também poderá gostar de:

48 comentários

  1. Nossa eu amei, sério me vi na mente uma história minha, que doeu muito hoje tem um tanto faz, mas as vezes parece que não é um tanto faz, mas os dias passam, pessoas novas aparecem e um dia se apaga, amei seu blog e estou seguindo beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! Fico feliz que tenga gostado e sei como essa instabilidade é dolorosa. Obrigada por seguir, beijos!

      Excluir
  2. "Ah, coração, não me envergonhe!" Bem o que penso todos os dias. hahaha Me identifiquei com a história... =/

    Beijos,
    http://postandotrechos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Continue escrevendo guria.

    bjs

    http://ladycatblog1.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Bella,
    Cheguei agora e estou adorando, quero o desfecho final da história.
    Bjs

    http://abrirjanela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Line! Postarei o desfecho em breve! <3

      Excluir
  5. ah que lindo texto, continue escrevendo!
    eu te apoio <3 quero ler a segunda parte!!

    http://www.blahoestraich.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super obrigada pelo apoio, vou postar a segunda parte em breve! <3

      Excluir
  6. Acredito que muitas meninas vão se identificar bellinha. Muitas já tiveram um relacionamento com alguém, que não sabe o que quer, ou que quer que você fique atras, continue, corra, ligue, se importe. A melhor coisa a se fazer, é cair fooora! Dói...mas passa!
    Bjaaao
    http://obaesmaltes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pah! Verdade! Conheci um pastor que falava exatamente isso: "Dói, mas cura!"
      Beijos e obrigada pela visita.
      <3

      Excluir
  7. Parabéns, achei lindo o texto!! Mesmo sendo mais direcionado ao público feminino achei sensacional :)

    http://joao-davis.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, João!
      É um pouco por ser narrado por uma mulher, mas se encaixa em qualquer situação de sentimentos confusos.
      Obrigada pelos elogios! <3

      Excluir
  8. Realmente temos que nos conhecer e saber se o que o outro está nos ofertando realmente faz diferença na nossa vida ou não. O que o outro tem a nos oferecer é dele, mas o que recebemos é nosso.

    Maravilhoso texto, continue postando, adoro a Tati Bernardi, quando ela fala, fala mesmo! rsrsrs.

    Beeeijos!
    http://www.kerlsfreire.blogspot.com/
    @kerlsk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kel, amei essa frase! "O que o outro tem a nós oferecer é dele, mas o que recebemos é nosso".
      Obrigada, viu? Também adoro a Tati! <3
      Beijos!

      Excluir
  9. Que liindo! Eu também escrevo, venha conhecer meus textos e agora vou sempre acompanhar teu blog :)

    www.escolhasalternativas.com.br

    ResponderExcluir
  10. Adorei, fiquei encantada com o texto, eu também escrevo hehe ❤☺
    Você é uma excelente escritora, continue assim, parabéns.
    Vou seguir para não perder nenhuma publicação sua.
    Um abraço!
    bloglovecherry.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own, muito obrigada! Vou ler seus textos também! Seja muito bem vinda!
      Beijos! <3

      Excluir
  11. Bella do céu, que texto!!! Parabéns!!! Não tá nada enferrujada menina... Já quero a segunda parte!!! Não me mate de curiosidade...
    Amei de verdade! Muito bom!
    Beijinhos!♥♥♥
    www.lisandramanfredi.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, Lisa, muito obrigada! Fico imensamente feliz! Assim que eu postar, te aviso! <3
      Beijos! <3

      Excluir
  12. Por aí há jeito para a escrita. Um Feliz Ano Novo!


    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Isabel! <3
      Feliz ano novo pra você e pra toda sua família!
      Beijos!

      Excluir
  13. Gostei muito do texto! Parece que nesse último mês muitos voltaram a escrever, eu mesma sou uma e entendo o que você diz.
    Gostaria muito de ver a segunda parte.
    Grande abraço e feliz ano novo!

    Identidade Aleatória

    O Identidade Aleatória está no facebook!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Que legal! Vou conferir seus textos e assim que publicar a segunda parte te aviso!
      Beijos e feliz ano novo pra você também!

      Excluir
  14. Muuuuito bom seu texto! Adorei como vc escreve e como transmite bem as ideias!
    Beijão e um feliz ano novo! *-*
    amor-e-melancia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Feliz ano novo pra você também! Beijos! <3

      Excluir
  15. Seu texto ficou muito lindo, talento é pra poucos <3

    www.luizlacks.com

    ResponderExcluir
  16. Que texto lindo!!
    Quero deixar um feliz ano novo. Que 2016 seja um ano de muito sucesso, amor, saúde e felicidades!!!!
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, Carol! Muito obrigada! Desejo tudo em dobro pra você e pra toda a sua família! Beijos! <3

      Excluir
  17. Olá Isabella! Logo ao iniciar o texto lembrei da Arte da Conquista, a qual, convenhamos, preciso assistir/ler pois só vi o trailer hahaha E quanto ao texto é aquela venha história, quando a personagem está reconstruindo sua vida, lá aparece o outro pra revirar tudo heuheuhe Continue pelo amor de Deus! hahaha e me chame pra ler, ansiosa pela conclusão construtiva <3

    Feliz ano novo e parece que você acabou de bater a sua meta hahaha! (:

    http://16primaverasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma honra pra mim receber um elogio desses! E sim, aquela velha história, mas com um final diferente! Assim que postar te aviso! Um feliz ano novo pra você e pra toda sua família!

      OBRIGADA! VOCÊ NÃO TEM IDEIA DO QUÃO FELIZ ESTOU COM ISSO!!! <3

      Grande beijo!

      Excluir
  18. Amei o blog amore... E já estou te seguindo
    Um ótimo ano novo pra vc... Mt paz e muito sucesso
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super obrigada, Camila! Te desejo tudo em dobro! <3

      Excluir